segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Terrorismo ideológico em português (sic)

Ontem, por telefone, um certo estadunidense bushista me contou suas impressões sobre o caso da pequena Madeleine, a criança inglesa desaparecida em Portugal há quatro meses. A argumentação segue abaixo.

"Você tem que entender, Renata. Há questões políticas envolvidas neste caso. Os portugueses querem se vingar dos ingleses há séculos, porque ficaram pra trás na História; esta é a única chance deles para provar a supremacia do país. Uma mãe jamais faria nada de mal contra a própria filha, mas os portugueses querem forçar o mundo a pensar que as mães inglesas são demoníacas e dissimuladas, tentando forjar essa versão de que os pais teriam matado a menina. Tudo isso porque a Inglaterra nos apoiou na Guerra do Iraque, e pela bronca com os ingleses! Você tem que entender que não se pode confiar nos portugueses nessa história. Além do mais, você viu aqueles tiras na televisão? Eles são horríveis, mal encarados, parecem porcos mexicanos!"

18 comentários:

xinho disse...

soh faltou dizer que a d'elia tem bigode! uau!

Renata D´Elia disse...

Aqui em casa todo mundo tem, Xinho! hahaha

Álvaro disse...

Então, esse cara é pergoso...
é do tipo que reconhece muçulmano pelos bigodes, e nesse bolo entra português, mágico, gato e o escambal.
O único trabalho é apontar a bazuca de última geração e: Fogo!
pelo bem da democracia.

PS:. e se ele te ligou dos estados unidos pra falar disso, a situação é ainda mais grave...

Ariel disse...

¡Un-fucking-believable!
Of course, the anglo types will never do such a thing and all are figments of heated latino's imagination...
Never: http://en.wikipedia.org/wiki/JonBenét_Ramsey

Aline disse...

caaaara que absurdo!! pra você ver a mentalidade...
eu tenho certeza que os pais dessa menina fizeram alguma besteira e escoderam o corpo...essa história toda é muuuito suspeiita...

Eduardo disse...

Tudo bem, é redundante... Mas quem sabe pedra dura em miolo mole tanto baté até que funfa!
Vou deixar o meu "ódio" contra os neo-romanos de lado, e mesmo assim só me resta acidez para esse povo. Realmente acham que são o IMBIGO do mundo. Conseguiu encontrar uma ligação de que isso é jogada política, e como centro das atenções, quem quem quem?!?!
Onde vamos parar com mentes assim "soltas por aí" tsc tsc tsc.

DIRK DIGGLER disse...

Os portugueses foram os maiores filhos da puta com o Brasil...Os americanos são os maiores filhos da puta do planeta...os ingleses são os maiores bossais do planeta e metralharam o Jean Charles tipo patinho em parque de diversão...MORAL DA HISTÓRIA : QUE OS FILHOS DA PUTA SE ENTENDAM!!!!

Felipe Vilasanchez disse...

seu amigo é do fbi ou da cia também?

Misson S/A disse...

Vou parar de assinar a Folha.
Informação é isso aqui.

Anônimo disse...

Realmente nós não vivemos no mesmo mundo que "eles" e, sinceramente, esses paranóicos estão no comando, dividindo o mundo entre o "Bem" e o "Mal" conforme as curvas perigosas de sua megalomania e de seus interesses $$... e o pior é que do outro lado estão Chavez, Bin Laden, Hamas etc... tupi or not tupi deve estar se perguntando o Celso Amorin!! KKK

Anônimo disse...

Bom, é possível. Eita, olha o lado paranóico hitchcockiano da minha esquizofrênica atacando novamente!

Dan disse...

Foi o Greg que disse isso? Ou o Taylor?

Vitor disse...

que coisa ridícula..

patriotismo tem limites né hauhuahauhuhau


cada dia que passa vejo que este mundo está perdido hauhauhaua

Anônimo disse...

Sempre tem alguém construindo a paranóia. Ou constrói para si, ou constrói para os outros. E às vezes constrói para os dois lados. Paranóia é algo já existente na Natureza: na relação entre predador e caça. Não é invenção humana.

Marcelo Mendez disse...

Bom te-la de volta!
Beijo

http://mundodocidadao.zip.net/

Anita Serneholt disse...

Acho que questoes politicas devem ficar de lado, e solucionar o mais rapido possivel o caso madeleine. Li em algumas reportagens de que estao querendo acusar o casal.Muito complicado...mas este caso eh bem suspeito.

paulo de toledo disse...

oi, renata.
bem legal a entrevista com o piva.
parabéns!
baci

descompassada disse...

e eu sou o bozo grego, prazer.