domingo, 10 de outubro de 2010

Gavin Friday


Você conhece Gavin Friday. Mesmo que não se dê conta. Na fria Dublin da década de 1970, Gavin era um punk louco maquiado e vestido de mulher à frente do The Virgin Prunes, um grupo anárquico, performático e enlouquecido no oposto da crueza limpa e meio séria demais do Feedback, que depois virou virou U2. À frente do U2 estava Bono, melhor amigo de Gavin. Na banda de Gavin estavam Dik Evans -- irmão de David Evans, vulgo The Edge -- e Guggi, que emprestou ao U2 seu irmão caçula como modelo das capas de Boy (1980) e War (1983).

Sim, você conhece Gavin Friday. São dele um par de olhos etílicos azuis, uma enorme porção de nicotina vocal e um belo falsetto anasalado. Reconheceu? Existe um Gavin pagão & undergound em Bono, e um Bono de vanguarda art-rock em Gavin. Impossível dizer quem é quem. Após o fim dos Virgin Prunes, em 1986, Gavin limitou-se a pintar, Guggi também seguiu carreira nas artes plásticas e o U2 tornou-se uma das maiores bandas do mundo. Somente em 1989, Gavin voltou repaginado em seu primeiro disco solo, Each Man Kills The Thing He Loves, iniciando parceria duradoura com o arranjador Maurice "The Man" Seezer. No lugar do espírito punk, chegaram os pianos de cabaré, a poesia de Oscar Wilde e uma sofisticada paleta de cores noturnas.

Bono quer a luz, Gavin a penumbra.

Mas quer saber de onde mesmo você conhece Gavin Friday? Da trilha sonora de Em Nome do Pai (Jim Sheridan, 1993), toda composta em parceria com Bono e Maurice Seezer. Com Daniel Day-Lewis no papel de um delinquente irlandês injustamente acusado de terrorismo pelo governo da Inglaterra, o filme conta com a pungente canção-tema You Made Me The Thief Of Your Heart, imortalizada na interpretação de Sinead O'Connor. O PIB da Irlanda deve muito a essa turma. Gavin também está nas trilhas sonoras de Missão Impossível, Basquiat e Moulain Rouge -- outra vez com Bono -- além do hit Angel, da trilha de Romeu + Julieta, sucesso entre o público jovem nos anos 1990.

O que você precisa ouvir são as 12 luxuosas e excêntricas faixas de Adam N' Eve (1992), cheio de climas imprevisíveis, -- produzido pelo Flood, que o U2 tomou mais tarde para a produção de Pop (1998)--; um pouco de Shag Tobaco (1995) e aquela pinceladinha básica pelo trabalho do cara, que é bissexto em matéria de lançamentos.






4 comentários:

Rogério/Ruy disse...

O Guggi era o outro vocalista dos Virgin Prunes, não? Eram dois, ele e o Gavin Friday. De resto, bom post, bela lembrança, querida. Beijos do Guavaman.

Renata D´Elia disse...

Pode crer, eu tinha confundido com o irmão do The Edge. Aí consultei no U2 By U2: ambos eram do Virgin Prunes. bjs

Ligia disse...

Muito massa teu blog, te "descobri" justamente no Twitter dos Virgin Prunes, mas já tinha visto tua cara no Facebook do Gavin. Enfim, definiu bem com o "Bono quer a luz, Gavin a penumbra".
Há muito do Gavin no "Bono Mc Phisto" da Zoo Tour de 93, lembra?
Abraços!

Renata D´Elia disse...

Oi Ligia, lembro sim. É bem por aí. Renderia um outro ensaio por sinal. Obrigada pela mensagem e volte sempre!