segunda-feira, 14 de maio de 2007

To do

É errado eu sei, mas fiz.

Bebi Coca-Cola no gargalo que eu sei que ataca a gastrite, bebi.

Bebi cerveja na hora do almoço cheia de carne e farofinha na boca e não aconteceu nada além do que eu não imaginava, bebi.

Dormi das seis da tarde às onze da noite e sei que de madrugada não dá sono até perto da hora de acordar, que saco, acordei.

Deixei a cachorra deitar de atravessado no travesseiro sem tomar banho há duas semanas e ela nem liga pra minha cara de reprovação, deixa ela.

Arrumei quinhentas vezes os livros na estante que não tem espaço nem ordem nem lógica e ainda não estou contente, estou.

Li o jornal de ontem sabendo que era de ontem e nem me toquei que ontem eu não sabia de nada que acontecia, eu.

Tomei um remédio esbranquiçado na boca do vidro que se a minha vó tivesse vendo me xingava, tome!

Te amo te quero te adoro "mi vida", não fiz.

Mas faço, faço contigo sim.

5 comentários:

Descompassada disse...

e por que não viver no impretérito negativo das ações?
faço isso daí com ou sem guarda-chuva todos os dias.

Aline disse...

ou não. ou não. ou não.

Cena7 disse...

bem legal moça...

bem bem...

bjuuu conformado

7

Bucentauro disse...

Você fez . Você bebeu . Você acordou . Deixaram você .Você também não ficou contente e nem sabia o que acontecia . Para tanto tomou remédio . Mas pelo menos você ama . Talvez amar seja o mais fácil . E por ser fácil poucos dão atenção e lembrem como se faz .

Elton Pinheiro disse...

,,vim do orkut, onde vc tava numa comunidade do keith haring, depois na pag no pedro doria, e entrei no blog, ja li alguns posts, bem legais.

[ ]s